O que era o espinho na carne de Paulo?

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Há muito se tem falado sobre o espinho na carne que Paulo carregava. Para alguns era uma especie de conjuntivite crônica devido a forte que luz que o apareceu na estrada para Damasco. Outros falam de seus problemas com a Igreja de Jerusalém como sendo a causa de suas aflições. Nos dias de hoje com a grande quantidade de “missionários vivendo da obra”, o espinho de Paulo é a “necessidade de se sustentar fabricando tendas”. Vejam como o cardápio em relação ao assunto é vasto. Mas vamos nos ater a algumas questões sobre o espinho na carne de Paulo:

O espinho na carne de Paulo era algo físico!

Quando nos é falado “espinho na carne”, naturalmente tendemos a crer que de fato era algo carnal, portanto nada tinha a ver com o mundo espiritual.

Paulo foi um dos cristãos mais perseguidos de todos os tempos! Ele mesmo nos descreve algumas de suas aventuras dizendo:

trabalhos, muito mais; em açoites, mais do que eles; em prisões, muito mais; em perigo de morte, muitas vezes.
Recebi dos judeus cinco quarentenas de açoites menos um.
Três vezes fui açoitado com varas, uma vez fui apedrejado, três vezes sofri naufrágio, uma noite e um dia passei no abismo;
Em viagens muitas vezes, em perigos de rios, em perigos de salteadores, em perigos dos da minha nação, em perigos dos gentios, em perigos na cidade, em perigos no deserto, em perigos no mar, em perigos entre os falsos irmãos;
Em trabalhos e fadiga, em vigílias muitas vezes, em fome e sede, em jejum muitas vezes, em frio e nudez.
Além das coisas exteriores, me oprime cada dia o cuidado de todas as igrejas.

2 Coríntios 11:23-28

Paulo de Tarso
Reconstituição facial de Paulo feita por especialistas.

Depois de lermos esta lista de “aventuras”, aumentamos ainda mais as nossas opções e poderemos adicionar alguma enfermidade relacionada aos açoites, aos naufrágios, ao apedrejamento e as varadas. Mas ainda assim continuamos sem entender qual seria este espinho.

Minha opinião é que só saberemos quando o encontrarmos no céu, portanto vamos parar de gastar nossas energias em pesquisas e dados históricos e vamos analisar o contexto revelador do texto de 2° Coríntios 12:7.

Por que um espinho na carne?

O contexto sobre o qual Paulo revela ter um espinho na carne é interessantíssimo. Paulo fala acerca de suas experiências espirituais e diz que “…para que não me exaltasse pela excelência das revelações, foi-me dado um espinho na carne”. O importante para nós deste século não é sabermos qual era o espinho na carne, mas sim entendermos que o próprio Deus nos coloca alguns problemas para mantermos a nossa mente e nosso espirito em humildade.

O que devemos observar é que assim como foi com Paulo, pode ser com qualquer um de nós! Portanto se você acredita ter um espinho na carne, saiba:

A Graça de Jesus nos bastará!

Até Já!

Se você gosta das mensagens do Apóstolo Paulo, considere ler também:

19 Comentários


  1. Esse espinho pode ser qualquer coisa mas “as aflições” que Jesus Cristo disse que teríamos ao seguí-lo, as perseguições, etc são espinhos na nossa carne.
    Sabemos que estamos bem, na presença do Senhor, mas sofremos quando vemos nossa família indiferente ao Evangelho, ou algum conhecido nosso sofrendo, dói quando vemos tantos jovens nas drogas, moças se desvalorizando, guerras, pedofilia, e tantas outras coisas.
    Isso são espinhos na carne! Nos faz sofrer!
    Mas como está escrito: “Aquele que perseverar até o fim, será salvo!”
    Então, apesar dos espinhos, a ordem é pra MARCHAR!

    A Paz!!!

    Responder
    1. marta batista

      amei amo as cartas do apostolo Paulo acho ele muito inteligente em expor suas aflições gostaria poder fazer um cursso mas não tenho condições mas amo ouvir pregações de apostolo Paulo

      Responder
    2. Antonio Marques

      A Bíblia nos ensina direitinho o caminho que devemos seguir. Acontece que distorcem os princípios evangélicos querendo adequá-los ao mundo moderno. E a Bíblia nos fornece dados no capítulo 23 de Matheus. Já ouvi falar pela televisão que Paulo vivia num mundo diferente do de hoje, razão pela qual ele expunha os seus pensamentos sobre o comportamento do cristão. baseando-se naquela época. Eu fico apenas concluindo que tudo que está acontecendo está escrito. Que Deus tenha misericórdia de muitos rebeldes que querem introduzir doutrinas que não estão na Bíblia.” DOUTRINA É SINÔNIMO DE EDUCAÇÃO”É educar os cristãos a se comportarem no caminho santo do Senhor e não se corromperem com as coisas mundanas. QUÃO DIFÍCIL É SEGUIR AS PISADAS DO MESTRE! Foi eu que escreveu? A SALVAÇÃO É INDIVIDUAL. O papo hoje é:”NADA A VER”. “MISERICÓRDIA SENHOR COM O TEU POVO”..

      Responder
  2. Anonymous

    pr AUREO,PAZ MEU IRMÃO ÓTIMO SEU COMENTARIO SOBRE PAULO,E FOBRE O SOFRIMENTO CRISTÃO DEUS HÁ DE ENCHUGAR DE NOSSOS OLHOS TODAS S LÁGRIMAS

    Responder

    1. hoje o evangelho ,e liberado para ser pregado , em qualquer lugar .antes era muita perseguiçao .hoje o crente qualquer lutinha que passa,o imão não comprimenta ele ,ja fala que esta sendo perseguido ja pedi acarta o pastor ,para congregar em outro ministerio ,qualquer coizina que acontece ja quer sair da presença de DEUS .e porque nunca teve um encontro com nosso mestre de verdade ….os dicipulos de JESUS sofreram ate a morte Tiago foi decapitado,mateus foi morto a espada ,Tomé foi morto atravessado por uma lança,judas tadeu ,irmão de tiago ,morreu cravado de flechas´´será que essa geraçao de hoje suportaria,esses espinhos na carne …

      Responder
  3. Thiarley

    Servo:Thiarley,minha opinião na interpretação é pessoal assim como relata Paulo,quando Jesus fala que no mundo tereis aflições,a respostas para o espinho na carne fixa de maneira pessoal.

    Responder
  4. joão mario pereira

    gostei muito deste asunto porque na verdade ate hoje não se sabe qual era esse espinho na carne de paulo,a pesar de nós ser ou somos sujeito as mesma paixão que eles sofreram por causa do evangelho,uma pergunta que eu gostaria de ser esclarisido e quando satanaz foi expulso do ceu ,que cauda era essa que arrastou a terca parte dos anjos somente esta pergunta.

    Responder

    1. João, o que vemos em Apocalipse 12:4 é: “e a sua cauda arrastava a terça parte das estrelas do céu, e lançou-as sobre a terra…”. O contexto nos mostra Satanás sendo simbolizado como um dragão vermelho, veja Apocalipse 12:3. Portanto esta cauda significa que Satanás convenceu com suas mentiras a terça parte dos anjos. Vemos isto em Isaías 9:15 “O ancião e o homem de respeito é a cabeça; e o profeta que ensina a falsidade é a cauda.

      Espero ter ajudado, até mais!

      Responder
    2. joão mario pereira

      olá apaz do senhor jesus é realmento gostaria de saber que calda era essa qua satanaz foi expulso do ceu e arrastou a terça parte doa anjos

      Responder
  5. Rosangela Cardoso

    concordo com o Pastor Giovani e a missónária Delair, nossos espinhos estão nas coisas que vemos e o que passamos e muitas vezes acabamos aceitando aquilo que não podemos mudar.

    Responder
  6. Antonio Marques

    Esse espinho na carne tem muito a dizer com a explicação de Paulo quando ele diz; o que devo fazer as vezes não faço e o que eu não devia fazer eu faço. Calculo que Paulo era um homem muito viril e que a sua composição orgânica naturalmente se revelava apesar dele ser temente a Deus. Paulo se entregou totalmente ao Evangelho e o seu pacto com Deus lhe impôs desconfortos difíceis de serem controlados., o que o contrariava bastante. Resumindo Paulo precisava de uma mulher mas a sua missão era de dedicação integral ao Senhor. .Por isso ele queria ser um imitador de Cristo em quase tudo e principalmente se omitindo do desejos carnais. Para os homens naturais esse é um grande dilema em nossas vidas porque é um princípio de procriação determinado por Deus.

    Responder


      1. Sim isso é verdade… Ate que no primeiro dia quando eu pus o meu Email aqui pensei que era brincadeiras

        Responder
  7. Jorge da Silva Abreu

    Boa noite a todos.

    Se lermos direitinho o que diz 2 Coríntios 12:7, o Apóstolo Paulo fala qual era o seu espinho na carne, vamos ao texto.

    E, para que não me exaltasse pela excelência das revelações, foi-me dado um espinho na carne, A SABER, UM MENSAGEIRO DE SATANÁS PARA ME ESBOFETEAR (grifo meu), a fim de não me exaltar.

    Ora, quando ele cita como …..um mensageiro de Satanás…., podemos perceber que não era nenhum defeito físico, mas o que estivesse relacionado ao seu físico, apenas, todas as perseguições (açoites, prisões, naufrágios e etc.), já citados em posts anteriores, entretanto, acredito eu que isso não afligia tanto o Apóstolo Paulo, quanto aos próprios cristãos da Igreja de Corinto, que o acusavam de se considerar santificado por ter tido visões e ouvido a voz de Deus.
    Alguns teólogos ainda afirma que alguns judaizantes (Judeus convertidos ao evangelho e que tentavam doutrinar o evangelho nas práticas judaicas), acusavam Paulo de ser ex-perseguidor de cristãos, e agora se torna cristão? Questionavam eles.

    Gastemos então um pouquinho mais de tempo para lermos 2 Coríntios 12: 1-13:

    Em verdade que não convém gloriar-me; mas passarei às visões e revelações do Senhor.
    Conheço um homem em Cristo que há catorze anos (se no corpo, não sei, se fora do corpo, não sei; Deus o sabe) foi arrebatado ao terceiro céu.
    E sei que o tal homem (se no corpo, se fora do corpo, não sei; Deus o sabe)
    Foi arrebatado ao paraíso; e ouviu palavras inefáveis, que ao homem não é lícito falar.
    De alguém assim me gloriarei eu, mas de mim mesmo não me gloriarei, senão nas minhas fraquezas.
    Porque, se quiser gloriar-me, não serei néscio, porque direi a verdade; mas deixo isto, para que ninguém cuide de mim mais do que em mim vê ou de mim ouve.
    E, para que não me exaltasse pela excelência das revelações, foi-me dado um espinho na carne, a saber, um mensageiro de Satanás para me esbofetear, a fim de não me exaltar.
    Acerca do qual três vezes orei ao Senhor para que se desviasse de mim.
    E disse-me: A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, me gloriarei nas minhas fraquezas, para que em mim habite o poder de Cristo.
    Por isso sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias por amor de Cristo. Porque quando estou fraco então sou forte.
    Fui néscio em gloriar-me; vós me constrangestes. Eu devia ter sido louvado por vós, visto que em nada fui inferior aos mais excelentes apóstolos, ainda que nada sou.
    Os sinais do meu apostolado foram manifestados entre vós com toda a paciência, por sinais, prodígios e maravilhas.
    Pois, em que tendes vós sido inferiores às outras igrejas, a não ser que eu mesmo vos não fui pesado? Perdoai-me este agravo.
    2 Coríntios 12:1-13

    Ao percebemos no versículo primeiro, Paulo evita em se gloriar de ser um santo homem que tem visões de Deus (Atos 16:9), ouve ou pelo menos ouviu a voz de Jesus lá Damasco, o que levou a sua conversão (Atos 9:3-4). Ao apresentar o seu testemunho de conversão, como possivelmente havia judaizantes na Igreja de Corinto que interpelava esse fenômeno, considerando como uma fábula, bem como alguns gentios que possivelmente também duvidava, isto poderia ser o que magoava por demais ao Apóstolo Paulo (S.M.J). Por isso, Paulo cita que todas as perseguições por ele sofrida, incluindo mais essa injuria (2 Coríntios 12:10), não faz ele mais galardiador de seus feitos, mais sim aprimorado no Espírito Santo, onde, em resposta a sua oração, Deus lhe diz, “…a Minha graça te basta”.

    Outra teoria afirma que alguns membros da Igreja de Corinto dizia Paulo os havia abandonado, quando ele esta preso na cidade de Filipos, Porém o mais provável que ele tenha escrito as cartas aos coríntios, na sua terceira viagem.

    1 e 2 Coríntios, Gálatas, Romanos (55–57 d.C.)
    Paulo escreveu as Epístolas aos Coríntios em sua terceira viagem missionária, para responder perguntas e corrigir desentendimentos entre os santos de Corinto.

    Como vemos, a Bíblia explica a própria Bíblia.

    Minhas cordiais saudações e desejo a todos um feliz ano nov.

    Jorge

    Responder
  8. Paulo C.

    Olá! Caro leitor,
    meu nome é Paulo, e com prazer e no amor de Deus, venho expor meu parecer, pois, pra mim está claro sobre a enfermidade e o espinho na carne do apóstolo Paulo.
    Em Atos 9:8-9 fala-nos que no seu encontro com Jesus, Paulo ficou cego por 3 dias, ainda no capítulo 9:21 diz que Paulo exterminava todos cristãos. Paulo comandava uma equipe para acabar com cristãos. Mesmo que ele mesmo, não tenha matado cristão, mas sim sua equipe, muitos pensavam que era tudo ordem dele.
    – Paulo, estava cego, Ananias, orou por ele, Paulo recuperou a vista, estava toda queimada, por isto creio que ele ficou com sequelas na visão, e não enxergava bem. Segundo a psicologia, a falta de dentição, visão, são causa de maior insegurança no ser humano e segundo está em Coríntios 12:7-10, Paulo fala do espinho na carne, fala de mensageiro de Satanás para esbofeteá-lo! Veja em Gálatas 4:13-15, Ananias havia orado e Paulo diz que pregou o evangelho por causa de uma “enfermidade física” e que a mesma foi uma tentação para os irmãos. Pense como era o povo daquela época! Se hoje alguém matar nossos amigos, irmãos, pais, enfim, nossos entes queridos, qual seria nossa vontade carnal? Vingança, ou até mesmo por dardos inflamados do maligno (pensamentos de fazer “justiça”). Em Gálatas 4:15 Paulo diz: “Que é feito da vossa exultação? Pois vos dou testemunho de que, se possível fora, teríeis arrancado os vossos próprios “OLHOS” para me dar.” Pensa nos pensamentos que os demônios lançavam sobre sua mente, fazendo-o lembrar que ali estava os parentes de todas as pessoas que ele consentiu em matar, assim ele vivia disposto a morrer todos os dias pelo evangelho, vivia num campo minado e tinha que viver pela fé! Por todos lados tinham pessoas querendo tirar-lhe a vida. – Assim como nos dias de hoje, todos nós somos sujeitos à quedas e ainda mais naquele tempo, tanto de um lado como de outro, muitos queriam matá-lo e os discípulos o temiam. (Atos 9:23-26) Creio que ele voltou enxergar, mas ficou com a visão mais fraca. Deus vos abençoe! 🙂

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *