Com quantos pobres se faz um rico?

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

O jovem rico de Lucas 18 pode exemplificar muito bem o que quero que você entenda hoje. Jesus nos mostra como podemos identificar a nossa “riqueza” e aboli-la de nossas vidas de uma vez por todas, isto porque as riquezas podem nos tirar do reino dos céus, portanto ser pobre é a única forma de entrar no reino do céus, certo? Será mesmo? Pois se assim for, Jesus quer que sejamos todos pobres correto? Bom, vamos ver mais adiante…

O que é ser rico?

Ser rico é… bom, você sabe o que é ser rico! Quanto maior for a quantidade de ativos (bens, créditos, diretos e valores) de uma pessoa, maior será o seu patrimônio. Logo rico é quem possui um grande patrimônio.

O jovem era rico pois segundo Mateus 19 ele possuía muitos bens, mas para Jesus a definição de riqueza é diferente da nossa definição capitalista. Para Jesus, riqueza tem haver com o aceitar o convite de segui-lo, os bens de nada servem, pois o verdadeiro tesouro é eterno!

Mas isto você já deve saber, não é mesmo? O que você talvez não tenha pensado é sobre o porquê Jesus pediu para ele vender os seus bens, ora, ele obedecia os mandamentos desde a sua “mocidade”: não adulterava, não matava, não furtava, honrava pai e mãe, enfim… ele era um santo, mas Jesus pede que ele venda os seus bens e que ainda desse aos pobres. Estranho isso, visto que Jesus disse a Judas:

Porque os pobres sempre os tendes convosco…
João 12:8

Estude Teologia hoje mesmo!

Logo, Jesus não quis que o jovem rico desse a sua riqueza aos pobres por causa dos pobres, já que ele mesmo admitiu que os pobres sempre estarão por ai. Sobra então o próprio jovem rico. Sendo assim, Jesus quis que o beneficiário fosse o próprio jovem e não os pobres. Os pobres continuariam pobres, mas o jovem ficaria rico! Mas ele já não era rico? Não, visto que para Jesus, riqueza é aceitar a graça que não necessita de justiça própria (obediência cega a lei), mas de simplesmente aceitar! Se disseram que para você obter a Graça de Deus você precisa “vender os seus bens e doar para a igreja”, sinto muito, eles são estelionatários e te engaram. Em Jesus a riqueza é aceitar, só aceitar que está feito, está pago e você só precisa crer!

Portanto, com quantos pobres (ricos) se faz um rico (pobre)?

Ao lermos a história do jovem rico, pensamos que a nossa pobreza é uma desculpa para excluirmos essa passagem de nossos estudos, mas isso é mentira! Talvez sejamos sim, pobres de dinheiro, mas rico em luxúria, em inveja, em vitimizações, em ganancia! Você está me entendendo? Ou não?

Vou tentar ser mais claro para que você entenda:

  • Para Jesus rico é quem aceita o convite, logo o jovem era pobre e não sabia.
  • Por mais que o jovem doasse todos os seus bens, os pobres continuariam pobres, mas ele se tornaria rico, não por causa da sua doação generosa, mas por causa da obediência a Graça e não a lei. 
  • Ao dizer que “Quão dificilmente entrarão no reino de Deus os que têm riquezas!”, ele está dizendo serão necessários muitos pobres (ricos do ponto de vista humano), para se conseguir um rico (segundo Jesus).
  • A nossa avareza e a nossa falta de fé na Graça de Deus, são combustíveis para que nos tornemos ricos (mesmo sem dinheiro) e pobres (mesmo tendo dinheiro).

Bom, espero que você tenha entendido :)

Até Já!

2 Comentários


  1. amigo como vcs são cegos por querer interpretar essa passagem isso fez com que agente tirassem tantas notas baixas em redação porque uma coisa é interpretar e a outra é compreender, essa passagem não é de interpretação pois cada um vai querer interpretar a sua maneira e vai ser uma salada e com certeza vcs vão querer ser o dono dessa interpretação. É simples meu irmão onde tiver o teu tesouro ai estar o teu coração e não podemos servir a dois senhores ou serve a Deus ou ao dinheiro.
    É questão de prioridade e o coração daquele moço estava no dinheiro é por isso que jesus afirmou quão difícil é para o rico entrar no reino do céu pois sua confiança estar no dinheiro

    Responder

    1. Quem interpretou a passagem Cicero? É um texto opinativo amigo, pelo amor de Deus! Tudo que você disse está no texto, acho que você não entendeu nada, cara. Poxa vida… Antes de comentar, entenda o que está sendo dito. Pelo amor de Deus… Comecei o artigo dizendo que a passagem expressa o que eu quero falar, e não que essa era a minha interpretação do texto.

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *