9 dicas para o Ministério Infantil

Tempo de leitura: 5 minutos

Você deseja estruturar um ministério infantil? Separamos 9 dicas para o ministério infantil que você poderá aplicar ainda hoje e começar a ter um ministério infantil desenvolvido.

Já falamos sobre a importância de se ter um ministério infantil devidamente estruturado, se você ainda não leu, sugiro que leia, trata-se do artigo: Ministério infantil: Aprenda a evangelizar crianças. Nele você aprenderá sobre a importância de se ter um ministério infantil e poderá acessar um vídeo onde falamos mais sobre o tema.

Vamos falar agora sobre dicas práticas que podem ser utilizadas para elevar o nível deste ministério tão importante para as nossas igrejas:

9 dicas para o Ministério Infantil

Dica 1: Submeta tudo a Deus

De todas as 9 dicas para o ministério infantil, esta é uma das mais importantes do ponto de vista espiritual.

Quando escolhemos submeter tudo a Deus em oração, ele nos haverá de guiar pelo melhor caminho. Sendo assim, antes de revelar a sua estratégia para as pessoas, ore a Deus e peça a ele a melhor direção.

Deus com certeza irá mostrar a você as pessoas certas para fazer parcerias e com certeza você obterá sucesso no seu projeto.

Dica 2: Separe uma verba para investir somente no ministério infantil.

De todas as dicas para o ministério infantil, a mais importante do ponto de vista financeiro é esta.

Converse com o seu pastor ou com o tesoureiro de sua congregação. Solicite a ele(a) que separe uma parte do orçamento para o ministério infantil, assim você saberá com antecedência o quanto estará disponível para você.

Assim que souber, passe a pesquisar a compra de materiais. Mas só faça isso após seguir a dica 6.

Dica 3: Tenha professor(a) preparado(a).

Defina quem será o professor(a) e quem será o responsável pelo ministério infantil. Eles não precisam ser a mesma pessoa, mas é primordial que saibam lidar com crianças e tenham comprometimento com o ministério.

Além disso é necessário que estejam preparados para exercer a função. Neste artigo eu falo sobre o primeiro passo para ser um(a) professor(a) preparado(a).

Dica 4: Separe por faixas etárias.

Quando temos um grupo grande de crianças, existe a necessidade de tornarmos o conteúdo atraente para todas elas. Isso significa que um adolescente de 11 anos não vai achar um desenho para colorir interessante, ao contrário de uma criança de 5 ou 6 anos.

Quando separamos por faixas etárias podemos organizar melhor o material, dividir o orçamento e também planejar melhor as aulas.

Dica 5: Use as aulas como oportunidade de ganhar almas.

No artigo “Ministério infantil: Aprenda a evangelizar crianças” eu mostrei como a escola bíblica infantil me orientou com ensinamentos que não esqueço até hoje!

Clique e saiba mais!

Não use o ministério infantil somente como uma “distração para as crianças”, aproveite para ensinar sobre Jesus! Se você seguir a dica anterior, por exemplo, poderá começar a falar sobre temas mais polêmicos com os adolescentes e falar sobre a histórias do Evangelho com os mais novos.

Pense em ganhar almas, em mostrar o caminho para as crianças e tenha certeza de que pode passar o tempo que for, elas não vão esquecer o caminho.

Dica 6: Tenha as aulas planejadas e crie um cronograma.

Planeje as suas aulas e pense nelas como um livro, onde o conteúdo é sequencial. Não comece falando sobre um tema novo sem ter terminado o outro. Tenha planejamento!

Sempre utilizando a dica 5, entre sabendo o que vai dizer e para onde quer levar as crianças.

Crie um cronograma, de preferencia anual ou semestral, onde todas as aulas já estarão programadas. Isso ajudará você com a dica 7.

Dica 7: Procure conhecer e conversar com os pais das crianças.

Os pais são um ponto importantíssimo das dicas para o ministério infantil.

Procure conversar com eles, fazer reuniões periódicas e apresentar os planos e projetos.

Considere também mostrar o cronograma de aulas da dica anterior, isto deixará bem claro aos pais o que os seus filhos estão aprendendo na escola bíblica.

Dica 8: Organize passeios

Está dica dependerá muito da dica 2, ou seja, quanto mais verba você tiver disponível, maior será a quantidade de passeios que poderá organizar.

Considere levar as crianças ao museu, parques e até outras congregações. Isto é importante para mostrar a criança que o mundo é muito mais do que aquilo que estamos acostumados.

Faça intercâmbios entre as congregações da sua região, levando e trazendo as crianças para se conhecerem e com isto aprenderem a  se relacionar melhor.

Dica 9: Organize cultos especiais.

Supervisione um culto feito e organizado pelos adolescentes, ou crie um culto diferenciado para as crianças.

Selecione alguns adolescentes para irem na porta das escolas da região convidando outros adolescentes para irem ao culto. Mas quando o fizer não utilize a palavra “culto” por exemplo, tente dizer que será um encontro de adolescentes e jovens da região, normalmente algumas pessoas possuem aversão a palavra “culto”, além da frase “encontro de adolescentes e jovens da região” atiçar muito mais a curiosidade dos convidados.

Nestes cultos utilize uma forma diferente de pregar o Evangelho. Não coloque alguém no púlpito pregando. Faça uma peça de teatro, uma apresentação em vídeo, faça gincanas, dê brindes, ou seja, pregue de maneira subjetiva.

Conclusão

Estas são 9 dicas que se bem usadas, poderão alavancar o ministério infantil em sua congregação.

Compartilhe conosco a sua experiência nesta área, com certeza o seu testemunho irá ajudar outras pessoas.

Até Já!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *