Todos são iguais: somos todos ladrões ao lado de Jesus!

Tempo de leitura: 4 minutos

Já deu uma olhada na Declaração Universal dos Direitos Humanos? Se nunca deu olhada, deveria fazer isso. Você descobre coisas interessantes sobre os nossos direitos. Por exemplo, no artigo 7 diz o seguinte:

“Todos são iguais perante a lei e têm direito, sem qualquer distinção, a igual proteção
da lei.”

Levando em conta somente as primeiras seis palavras: “Todos são iguais perante a lei…”, temos uma frase que, embora não traduza a realidade, mostra uma tentativa de igualar o ser humano, independente do seu cargo, cor, opção sexual, religião…

Já está mais do que claro que todos somos iguais, seja perante a lei dos homens (neste caso deveríamos ser) ou seja perante Deus. Veja:

“Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus”
Romanos 3:23

O pecado nos iguala. Não existe um ser humano que não tenha pecado. Mas ao mesmo tempo que somos iguais também somos diferentes. Do ponto de vista humano é muito fácil listarmos aspectos, sejam eles físicos, éticos ou ideológicos, para nos diferenciarmos uns dos outros. Mas e do ponto de vista de Deus?

Todos são iguais?

Todos são iguais

Leia atentamente o trecho abaixo:

E um dos malfeitores que estavam pendurados blasfemava dele, dizendo: Se tu és o Cristo, salva-te a ti mesmo, e a nós.
Respondendo, porém, o outro, repreendia-o, dizendo: Tu nem ainda temes a Deus, estando na mesma condenação?
E nós, na verdade, com justiça, porque recebemos o que os nossos feitos mereciam; mas este nenhum mal fez.
E disse a Jesus: Senhor, lembra-te de mim, quando entrares no teu reino.
E disse-lhe Jesus: Em verdade te digo que hoje estarás comigo no Paraíso.
Lucas 23:39-43

Este texto nos mostra como todos são iguais e como uma única coisa nos torna totalmente diferentes. 

Curso de Teologia

Se imagine neste cenário: você é um dos ladrões, ao seu lado está sendo crucificado um cara que se diz o filho de Deus. Provavelmente enquanto você praticava os seus crimes pelas ruas de Jerusalém, ouviu falar deste sujeito, mas nunca parou para ouvi-lo e agora ali está você, sendo condenado ao lado dele. A pergunta é: qual seria a sua reação?

O primeiro ladrão

Será que você vê a Jesus como o primeiro ladrão? Este o vê como uma forma de se livrar rapidamente das consequências geradas pelo seus atos, ele tenta manipular a Deus, além de enxergar em Deus algo que está a seu serviço. 

Este ladrão desafia a Deus, dizendo: “se tu és, quem dizes ser, faça alguma coisa por mim!”. 

Quantas vezes nós já agimos assim? Vimos em Deus uma forma de escapar das consequências dos nossos atos? Ficamos orando e desafiamos Deus a tomar uma atitude perante uma situação que nós mesmos nos colocamos.

O segundo ladrão

Diferente do primeiro, o segundo ladrão reconhece a sua culpa. Reconhece que está pagando pelos seus erros e mais, ele consegue enxergar naquele ser esmagado, ferido, arrebentado e humilhado o Filho de Deus, ou seja, ele responde a cena do Cristo crucificado de uma forma totalmente diferente do primeiro.

Na nossa vida também é assim, somos todos humanos, todos debaixo da mesma lei e com os mesmos direitos e deveres. A maioria de nós possuem vidas comuns, sem nenhum glamour ou sofisticação, mas algo nos torna diferentes uns dos outros e é isso que vai valer no final:

Qual a sua resposta ao Cristo crucificado?

Todos nós temos o mesmo cenário, todos vemos a mesma coisa, mas damos respostas diferentes a mesma cena da vida.

Alguns olham e vêem em Jesus somente uma forma de escape, outros olham e debocham, já outros escolhem negar o que vêem, mas existe um grupo que olha para a cena e vê salvação. Percebem que somente aquele homem na cruz podem salva-los, eles aceitam o fato de aquele homem é o filho de Deus. Aos que aceitam, Jesus diz ter uma morada preparada para eles na casa do pai.

Espero que você possa aceitar a ideia de que só existe salvação em Jesus (não na religião, não nas filosofias e nem na ideia evangélica de que Deus está a seu serviço, por favor esqueça isso), porque eu quero te encontrar no paraíso e tenho certeza que Jesus está “tecendo um ninho” para você, tenho certeza que ele te dará um novo nome e enxugará dos seus olhos toda a lágrima. Basta que você reconheça que a salvação só Jesus pode dar!

Até já!

7 Comentários

  1. Raimundo Rodrigues

    A GRAÇA E PAZ ,Sempre andei em caminho errante e achava que era o tal, ate que me deparei com Jesus, ele mudou minha vida e hoje me sinto nova criatura como ele diz em sua palavra temos que nascer de novo ,Jesus tem me dado prova de que seu amor é incomparavél e infinito e que seu coração sempre tem lugar pra mas um.

    Responder
  2. ELIEZER HERMES DA SILVA

    EU NÃO PECO ROUBANDO, MAS COMO SER HUMANO, TODOS NÓS PECAMOS, NO ENTANTO AO LER UMA MENSAGEM DESTA, LEMBRO-ME DE INÚMERAS VEZES QUE PEÇO PERDÃO A DEUS, E SEI QUE JESUS CRISTO LEVA A ELE O MEU PEDIDO. O SEU AMOR INFINITO VAI FAZER COM ELE GUARDE UMA MORADA PRA MIM NO SEU REINO. DEUS OS ABENÇOE!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *