Evangélico pode assistir filmes de Terror?

Tempo de leitura: 2 minutos

Ano passado foi um ano em que eu mais fui ao cinema em toda a minha vida. Se me lembro bem, foram mais de 5 vezes… E em pelo menos 90% delas eu fui para assistir filmes de terror. Algumas pessoas acreditam que os filmes de terror podem influenciar a sua vida espiritual e por isso afetar o seu comportamento ou até mesmo a sua comunhão com Deus. Vejamos mais sobre este tema…

Evangélico pode assistir filmes de Terror?

Evangélico pode assistir filmes de Terror?

A minha resposta é sim! Mas é minha resposta… a sua eu não sei, você que precisa saber!
Eu conheço a mente que tenho e sei que ela não será influenciada por um filme, a sua você , você que deve saber.

Não existe nenhuma regra. Eu assisto e me divirto, sem nenhum peso na consciência, durmo tranquilamente e acordo agradecendo a Deus pelo novo dia. Isto não me torna melhor e nem pior do que ninguém. Entretanto existem pessoas que não são assim, e isso também não as torna melhor e nem pior do que ninguém.

“Você deve se autoanalisar e agir conforme o resultado!”

A ideia de se autoconhecer pode ser assustadora, mas ao mesmo tempo é libertadora. Quem sabe os seus limites sabe o que deve ou não fazer… além disso se autoconhecer tem tudo a ver com a sua relação com Deus. Quem conhece a sua maturidade espiritual não precisa se pergunta se “evangélico pode fazer isso?”, mas se pergunta somente “eu posso fazer isso?”

O caminho sempre foi individual, veja a história do bom samaritano, todos estavam na mesma estrada: o sacerdote, o levita e o samaritano, mas cada um escolhe o seu caminho. O sacerdote e o levita escolhem o caminho do egoismo e da falta de compaixão, mas o samaritano escolhe o caminho da misericórdia. Por isso para cada pergunta de cunho coletivo, deve existir uma pergunta interna de cunho individual, pois cada um tem a sua consciência com Deus e cada um deve agir conforme a sua maturidade.

Por isso evangélico pode assistir filmes de Terror, só não pode julgar o outro, não pode condenar o outro, não pode fazer fofocas, não pode ser invejoso… e tudo isto são coisas que nascem dentro da gente e que devem ser evitadas com a semente do Evangelho.

Filmes de Terror são infinitamente menos danosos a nossa saúde espiritual do que a fofoca, a cobiça, a ganancia e a inveja. Por isso saiba pesar cada situação para saber o que realmente importa.

Até Já!

12 Comentários

  1. Jorge da Silva Abreu

    Bom dia a todos, minhas saudações cristãs, e embora atrasado, desejo uma feliz páscoa a todos.

    Em primeiro lugar, como o autor do Post disse, é preciso fazer uma auto análise se você está preparado para assistir tais filmes, e é claro, também depende do filme, não é só uma questão de influência psicológica, pois alguns são um tanto quanto violentos, e é ai que mora a sua preparação em ter estômago para assistir-los. E assisto sem problemas, mais antes de assistir-los, me preparo psicologicamente para a então cenas de violência.

    Acredito que o verdadeiro cristão tem que está preparado não só para assistir filmes de terror, mas também os mais polêmicos e blasfêmicos, tal qual um novo filme que está circulando por ai, chamado “Corpus Christi”, que levanta e insinua dúvidas sobre a sexualidade de Jesus, e ai que o cristão deve sim até assistir esses filmes, para depois ter base para contestar o filme, pois não adianta nada você criticar sem assisti-lo.

    Alguém lembra do filme “A última tentação de Cristo”, de Martin Scorcese? Pois é, assisti esse filme, e ele retratava um Jesus cheio de dúvidas, funcionário do império romano, onde era o carpinteiro que fabricava cruzes para os condenados do império, que mais tarde seria usada nele próprio. Jesus exortou Judas a traí-lo por que era a triste missão de Judas, e quando Jesus estava sendo crucificado, o inimigo de Deus, disfarçado de deus na forma de um menino, disse que estava acabado, que Jesus, por obedecer ao Pai, poderia descer da cruz, que de agora em diante, poderia ter a vida que quisesse, inclusive se casar com Maria Madalena e ter filhos. Dai em diante Jesus seguiu o menino, se casou, teve filhos, e quando estava moribundo, no final de sua vida, se encontra com todos os discípulos, inclusive Judas, que chegou até O perguntou: “A final de contas, para que eu te trai, que tu tivestes esta vida, por que desviastes de Tua missão? Onde estava Tu que não foste a cruz…”. Neste momento o menino na forma do diabo se revela, diz: “Está vendo Jesus, eu te venci, desviei você do caminho da cruz”, e dando gargalhadas, desaparecia em forma de labaredas de fogo. Esta foi a sua última tentação, onde Jesus se arrastava e pedia ao verdadeiro Deus que O pregasse lá na cruz, no que foi feito.

    Agora cabe a mim perguntar, você, Cristão, está preparado para ver um filme destes? Eu estava, estou, e estarei para assistir de novo, inclusive pode até ser me objeto meu de estudos para contestar todos o pontos polêmicos e contraditórios da Bíblia Sagrada que é a verdadeira palavra de Deus.

    Um abraço e a Paz

    Jorge.

    Responder
  2. paulo roberto muller

    Não concordo com o senhor em nada, pois a bíblia nos ensina que devemos examinar tudo e reter o bem e esses filmes de terror nada serve para edificar os cristãos e sim para desviarmos do verdadeiro propósito de CRISTO que é salvação e uma das armas que o satanás coloca em nós é exatamente isso, “AUTOCONFIANÇA”. Quando assisto a esses filmes estou dando IBOPE ao diabo e contaminado minha mente com o pecado. A bíblia também diz que devemos ter a mente de CRISTO; isto é, ocuparmos nossa mente com as coisa boas e edificantes invés de perdermos tempo com isso vamos ler a bíblia, evangelizar, fazer a boa obra para que tenhamos um coração irrepreensível quando da sua gloriosa volta. AMÉM!!

    Responder
  3. Jean paul

    Eu acho que a verdadeira questão não é se estou preparado ou não mais se Jesus vai comigo assistir o filme.

    Responder
  4. Jean paul

    Luis Henrique. eu acho que você é capaz de elevar o nível dos estudos. Já provou isso. Agora, se não tem mais ideias de temas relevantes a tratar, pergunte ao povo para te ajudar a achar temas que edificam invés de incentivar jovens fracos na fé a assistir filmes de terror. ou filmes pornográficos, porque não ? é só se preparar antes!

    Responder
  5. solange do socorro de freitas brandãos

    um filme não faz a mente de ninguém e para mim o verdadeiro objetivo de Cristo é o Amor. Evangelizar é bom desde que a pessoa saiba como para não se tornar obsessiva e ver pecado em tudo filme é sô um divertimento.

    Responder
  6. Jorge da Silva Abreu

    Olá, sou eu de novo, graça e paz a todos.

    A mídia cinematográfica procura retratar aquilo que absolvermos da realidade somados a ficção e mitos que vem da imaginação das mentes de seus produtores. O que quero ressaltar é que muito desses filmes, de terror, polemico ou blasfemo, tenta passar, por meio de mensagens subliminares, um realidade inexistente, com um certa tendência influenciativa. Nós, como cristãos, temos que identificar isso, e se possível, combater o que não é verdade, ou seja, tudo que influencia contra o Evangelho, porém, como podemos combater tudo aquilo que não vemos ou conhecemos???

    É justamente isso que quero chamar a atenção, isto porque, a nossa realidade nos choca muito mais, quando evangelizamos o mundo a fora, do que qualquer filmezinho de terror, polemico ou blasfemo, e se o cristão não estiver preparado para assistir esses filmes, muito menos estará para encarar a realidade chocante deste mundo.

    A Paz.

    Jorge.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *