Usos e Costumes: calças, shorts, joias, tatuagens… é pecado ou não?

Tempo de leitura: 5 minutos

Nunca tive problemas em ver uma adolescente de calça comprida, um jovem com tatuagem ou uma mulher utilizando uma joia. Sempre tive consciência dos usos e costumes impostos pelas “igrejas” e que nada tem a ver com o Evangelho de Jesus.

Fui ensinado desde cedo de que “os olhos são a lâmpada do corpo…”, sendo assim não é o que eu vejo, mas é como eu vejo (ou seja, a interpretação da minha cabeça), que pode transformar uma simples calça ou uma bela tatuagem em algo malicioso. A malicia está dentro da minha cabeça!

Vejamos portanto o que é pecado e o que não é…

Se você acha que este artigo pode ajudar outras pessoas, compartilhe nas redes sociais para que mais pessoas possam compreender o Evangelho:

Usos e Costumes dentro da Igreja

Quando nos deparamos com uma “igreja” que prega, por exemplo, que o uso de joias, tatuagens, calças e shorts para as mulher, bermudas para os homens, maquiagens e outros adornos são pecados, estamos somente lidando com “usos e costumes” e não com o Evangelho.

A grande diferença entre usos e costumes e o Evangelho, é que o primeiro e mutável e depende do inconsciente cultural e da sociedade que o cerca. Já o segundo é único, imutável e independe de sociedades e práticas culturais. Deve ser pregado na China com a mesma seriedade que deve ser pregado no Brasil, ou seja, ele é independente.

O problema é que na nossa sociedade nós temos a cultura de proibir ao invés de educar. Então eu proíbo a adolescente de usar calça, mini-saia, shorts, joias e tatuagens, achando que assim fazendo, estarei criando uma “mulher de Deus”, mas não é bem assim…

Proibir não é a solução!

Quando eu reprimo algo eu não o elimino, somente o coloco em “stand-by” dentro de mim. Logo, uma adolescente que possui os desejos típicos da idade reprimidos, está somente esperando a hora de “soltar” todas as amarras e fazer tudo por “conta própria”… Então se eu proíbo a saia um pouco mais curta enquanto ela está “debaixo das minhas asas”, quando ela sair talvez nem use a “mini-saia” por aí. Entendeu?

O ideal nunca é proibir é educar, é mostrar o equilíbrio e ensinar o bom senso. Se assim fizermos com quem quer que seja (apesar de estar utilizando a expressão “adolescente”, você pode trocá-la pela expressão que desejar… jovem, mulher, homem…), não estaremos presenciando uma “bomba relógio” que poderá explodir a qualquer momento, mas estaremos ensinando o equilíbrio.

Estude Teologia hoje mesmo!

Mas então está tudo liberado?

Quando se é responsável pela educação espiritual de um grupo de pessoas, existem duas coisas que se deve fazer com elas:

  • Deixar que elas leiam o Novo Testamento. (Em ordem, nada de ficar “fechando os olhos” e abrindo em um versículo, como se a Bíblia fosse um “livro mágico”)
  • Ensiná-las a andar com Jesus pela própria consciência.

O problema é que se todos os lideres fizerem isso acaba a “dependência” ou a, como dizem por aí, “cobertura espiritual”. Isto porque as pessoas serão livres. Aprendam uma coisa que eu aprendi a muito tempo:

“A maioria dos lideres espirituais não querem que vocês leiam o Evangelho por conta própria, porque eles sabem que se vocês lerem e entenderem, perceberão que 99% do que eles dizem não tem nada a ver com o Evangelho!”

Portanto quem entendeu a mensagem de Jesus sabe que não fomos chamados para a abstinência, mas sim para o equilíbrio. Ora, quando se anda com Jesus pela própria consciência, sabe-se o que vestir, o que falar, o que usar… além de saber a hora de chegar e a hora de ir, sem precisar consultar o “usos e costumes” da minha igreja.

Se você gosta de usar calça, joias e gosta de uma tatuagem bem feita, saiba utilizar tudo com equilíbrio. Tenho certeza que não é o exagero que deixará você mais bonita, mas sim o equilíbrio! É tão bom ver uma mulher equilibrada, porque ela consegue ser bela sem ser vulgar, além de demostrar ser madura sem parecer uma “mulher das cavernas”… Você me entendeu?

Mas e os “escândalos”?

Muitos acreditam que a diferença entre um cristão e um não cristão é que o cristão não pode (olha a proibição aí de novo..) fumar, beber, sair a noite, jogar futebol, usar mini-saia, fazer tatuagem, ouvir música do mundo, contar piadas, paquerar… enfim… um cristão não pode fazer nada. Enquanto o não cristão pode fazer o que quiser. Mas a realidade é que o cristão não é caracterizado pela abstinência e sim pelo equilíbrio.

Em uma geração que perdeu o equilíbrio, ser luz é ser um equilibrado. Portanto para que não haja mais dúvidas:

Tudo é permitido, mas nem tudo eu me permito!

Clique aqui e Tweet esta frase.

Isto é andar com Jesus pela própria consciência, ou seja, saber o que é bom para mim e o que não é!

Sobre os que veem os decotes, as mini-saias, as roupas apertas, as tatuagens e as joias como um escândalo, parem de julgar e de criticar as que assim se vestem. Passe você a ter o equilíbrio que essas moças não tiveram, mostrando a elas que é possível ser bonita sem ser vulgar, ser divertida sem ser infantil e andar na “moda” sem ser uma “modinha”.

Espero que você tenha entendido, mas se não entendeu, o meu convite é para que você leia os Evangelhos e observe como Jesus se comportou. Se você entender a forma como Jesus se comportou, nunca mais haverá dúvidas de como um servo(a) de Deus deve se comportar na sociedade.

Até Já!

19 Comentários


  1. Muitos podem nao gostar mas querer sem querer tens de ver, a verdade te libertará
    Até quando vao ser usado por satanas? Chega irmaos… É chagado a hora de Senhor Jesus, nao se esqueça que Jesus venceu ao Satanas Você Tambem é caz de vencer
    A mulher deve se vestir de modo que nenhum homem venha pecar por sua causa

    -Muitas mulheres e moças atualmente perderam seu próprio valor e muitas mulheres cristãs não tem se dado conta disso o que acaba por as levar se vestindo conforme o mundo tem ditado; isto é, a moda. Por que digo isso? Tenho notado o quanto muitas mulheres e moças têm se iludido ao pensarem que é bonito usarem vestimentas que mostram todas as suas curvas, tais como: roupas justíssimas delineando seu corpo, shorts e saias curtas e blusas decotadas. Mas, se fosse para ser assim, Deus não teria vestido Adão e Eva como diz na Bíblia: “E o Senhor Deus fez túnicas de peles para Adão e sua mulher, e os vestiu” (Gênesis 3:21). Na palavra também está escrito: “Que do mesmo modo as mulheres se ataviem em traje honesto, com pudor e modéstia, não com tranças, ou com ouro, ou pérolas, ou vestidos preciosos. Mas (como convém a mulheres que fazem profissão de servir a Deus) com boas obras” (1 Timóteo 2:9-10).
    Noto ainda que muitas mulheres e moças usam roupas indecentes com a intenção de chamar a atenção do público masculino. Então, questiono a vocês, mulheres, moças: por que se iludem em achar que para conquistar um homem é necessário usar roupas justíssimas delineando seu corpo, shorts, saias curtas e blusas decotadas, ou, então, se alegram e se sentem bem quando os homens as olham e as desejam? “A mulher graciosa guarda a honra como os violentos guardam as riquezas” (Provérbios 11:16).
    O que significa guardar a honra? É se valorizar (mas sem ser sensual), evitar que falem mal de você (suas roupas devem refletir sua postura cristã), guardar seu corpo para seu esposo ou futuro esposo, pois somente ele tem ou terá o direito de te desejar e saber como é seu corpo. Mulheres e moças que fazem os homens terem pensamentos impuros (pecar) devido ao seu modo de se vestir, um dia com certeza serão cobradas pelo Senhor. “Ai do mundo, por causa das coisas que fazem tropeçar! É inevitável que tais coisas aconteçam, mas ai daquele por meio de quem elas acontecem!” (Mateus 18:7).
    Creio que toda a mulher sonha em ser amada, respeitada e valorizada por um homem. Por isso quero lhes dizer que, para isso acontecer, você deve guardar sua honra, pois no momento que você não a guarda, acaba perdendo o que você mais gostaria de ter de um homem: amor, respeito e valor. Não é se vestindo com trajes vulgares que irá conquistar verdadeiramente um homem; talvez você até o conquiste, mas é por um pequeno tempo – ou seja, até o tempo de seu corpo permanecer bonito, e isso infelizmente será por poucos anos. Se assim você agir, não poderá reclamar se for deixada, pois você o “conquistou” apenas com seu corpo bonito, e não com o seu caráter, afinal, no momento em que a beleza externa deixa de existir, o “amor” perece. Todavia, se você conquistá-lo com seu caráter e ele realmente gostar de você por seres uma mulher virtuosa e com temor ao Senhor, então ele te amará até que a morte os separe, pois o caráter prevalece pela vida toda, mas a beleza é apenas por um determinado tempo. “Enganosa é a beleza e vã a formosura, mas a mulher que teme ao SENHOR, essa sim será louvada” (Provérbios 31:30).
    Antigamente as mulheres por um acaso usavam roupas indecentes como as de hoje? E seus casamentos eram duradouros. Quem antigamente usava roupas curtas, decotadas e justas? Perdoem-me, mas nem preciso dizer quem eram essas mulheres.
    Pergunte, portanto, a um homem de Deus, qual mulher ele escolheria para ser sua esposa: aquela que se veste com roupas justíssimas delineando seu corpo, shorts e saias curtas e blusas decotadas ou aquela que guarda seu corpo para seu futuro esposo. Creio que um homem verdadeiramente de Deus escolheria aquela que se valoriza e guarda sua honra.
    Algumas perguntas, para nossa reflexão:
    – Com que intuito tenho me vestido?
    – Porque me visto com roupas curtas, decotadas e apertadas?
    – O que pretendo com isso?
    – Vou glorificar a Deus?
    – Serei bem vista com as roupas que estou usando?
    – Será que com essa roupa nenhum homem vai me olhar e pecar?
    “Portanto, quer comais quer bebais, ou façais, qualquer outra coisa, fazei tudo para glória de Deus” (1 Coríntios 10:31).
    Hoje pode ser o seu ultimo dia aqui na terra, mudar Amanha vai ser tarde, DEUS te abençoe grandemente
    – By Deus é fiel god is faithful

    Responder

    1. Irmão paz. Creio que muitos, homens e mulheres são mais servos dos templos e das religiões que de Cristo. O verdadeiro cristão primeiro muda por dentro depois por fora. Nada melhor do que o Bom senso. Não seja demasiadamente justo nem injusto…. o sepulcro caiado…. forte abraço.

      Responder

    2. DESCULPE MAIS SOU MULHER E ACHEI O QUE VOCÊ ESCREVEU MUITO PRECONCEITUOSO . Acredito que o que importo verdadeiramente o coração muitas mulheres que se vestiam antigamente com roupas comportadas também traiam, também se prostituiram , honra não mede o valor da pessoa Jesus perdoou Maria Madalena pelo pecado por ela cometido porque não nos perdoaria por causa das roupas que vestimos elas não medem a fé de ninguém o coração sim.

      Responder

  2. Me desculpe por Publicar algo grande assim mas em fim, Deus te Abençoe Você que esta a Ler…
    (y) Levítico 19:28 , que diz: “Não deveis fazer tatuagem em vós.” Deus deu essa proibição à nação de Israel, e isso os separava dos povos vizinhos que marcavam a pele com os nomes ou símbolos de seus deuses. ( Deuteronômio 14:2 ) Embora a Lei dada a Israel não se aplique aos cristãos, vale a pena levar em consideração o princípio no qual essa lei foi baseada.
    Os cristãos podem fazer tatuagens?
    “Que as mulheres . . . se enfeitem com modéstia.” (1 Timóteo 2:9 , ) Esse princípio se aplica tanto às mulheres como aos homens. Devemos respeitar o ponto de vista dos outros e não chamar indevida atenção para nós mesmos.
    Alguns fazem uma tatuagem para afirmar sua identidade ou independência, e outros para mostrar que fazem o que bem entendem com seu corpo. No entanto, a Bíblia incentiva os cristãos: ‘Apresente o seu corpo como sacrifício vivo, santo e aceitável a Deus, um serviço sagrado com a sua faculdade de raciocínio.’ ( Romanos 12:1 ) Use sua “faculdade de raciocínio” para descobrir por que você quer fazer uma tatuagem. Se for para seguir uma moda ou mostrar que faz parte de certo grupo, lembre-se de que as tatuagens são permanentes, e você poderá se arrepender depois. Examinar sua motivação poderá ajudar você a tomar uma boa decisão. — Provérbios 4:7 .
    “Todo precipitado seguramente se encaminha para a carência.” (Provérbios 21:5 ) A decisão de fazer uma tatuagem costuma ser tomada de modo precipitado, mas ela pode afetar a vida da pessoa por muito tempo em assuntos como relacionamentos e emprego. Além disso, remover tatuagens pode ser caro e doloroso. As pesquisas — e o crescente número de clínicas de remoção de tatuagens — mostram que muitas pessoas que fizeram tatuagens acabam se arrependendo mais tarde.
    Mas a besta foi presa, e com ela o falso profeta que havia realizado os sinais milagrosos em nome dela, com os quais ele havia enganado os que receberam a marca da besta e adoraram a imagem dela. Os dois foram lançados vivos no lago de fogo que arde com enxofre. Apocalipse 19:20

    Responder

    1. Olá de novo Helton!

      Só não consegui entender a relação da marca da besta com a tatuagem… se puder me explicar, ficarei grato.

      Até Mais!

      Responder

  3. Olá Luiz,

    Eu tive uma experiencia bem ruim com essa forma de taxar que a mulher tem que usar saia, nao cortar o cabelo , etc, congregava numa igreja que nao tinha imposiçao disso, mas por causa de minha mae que frequentava outra igreja que era assim, fui orientada a ser assim…
    Por um tempo andei desta forma, mas meu coraçao nao estava contente, servia a Deus deste modo com medo , se eu mudasse minhas vestes nao estaria agradando a Deus e nao conseguiria as bençaos .
    Mas coisas aconteceram e pedi perdao a Deus e falei que nao conseguia servi-lo somente usando saia e que me sentia mal , queria usar calça, cortar o cabelo, mas sem escandalizar , e assim mudei e continuo a congregar e estou feliz , porque sei que o Senhor olha a intençao do nosso coraçao.
    Concordo que a mulher crista, tem que ter postura, tem que ser exemplo , mas pode cuidar-se tanto do corpo quanto do espirito e ter o equilibrio que voce citou.
    Gostei bastante deste tema…

    Responder

    1. Olá Thais!

      Realmente o medo não leva a nada… ninguém pode servir a Deus pelo medo, já que o próprio Evangelho diz que “o perfeito amor lança fora todo o medo”. Com certeza Deus entendeu a sua situação e conhece o seu coração. Não é porque uma pessoa se veste de determinado modo que ela deve ser julgada por isso.

      Fica na paz Thais!

      Responder

  4. A paz Luiz ! Como vc disse td é questão de leitura …conhecereis a verdade e a verdade vos libertara! Amem …

    Responder

  5. Muito bem explicado!!
    “se os SEUS(nossos e não os dos outros) olhos forem bons, todo o corpo será bom.”
    Em tudo devemos ter bom senso.
    Parabéns pelo texto.

    Responder

  6. Concordo com vc! tudo tem que ser pela moderação. O próprio Espírito Santo nos guia em toda a verdade, e alguns pastores querem fazer esse papel que não é atribuído a eles. Ótimo artigo.

    Conheça meu site, terei maior prazer em fechar parceria com você!
    http://www.noteualtar.com.br

    Responder

  7. Bom Dia
    Eu sou da igreja CCB sempre fui e sou muito crente a deus sempre tive e tenho Deus no meu coração gosto muito de ir a igreja e gostaria de saber porque muitos falam que e pecado ouvi musica e usar bermuda
    Mas e claro uso bermuda so fora da igreja
    Gosto muito de musica e gostaria de ter uma opinião a respeito disso se puder responder agradeço Amém!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *