Como saber se uma profecia é de Deus?

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

A quantidade de revelações e profecias tem aumentado a cada dia. Alguns cultos se tornaram verdadeiros horóscopos, e o cardápio é variado: com que casarei, qual carro terei, qual proposta de emprego aceitarei…, mas como saber se uma profecia é de Deus?

Existem formas de provarmos se uma profecia é de Deus, veremos algumas delas ao longo do texto.

Como saber se uma profecia é de Deus?

A profecia vai contra o Evangelho?

Como saber se uma profecia é de Deus?

Nenhuma profecia pode ir contra o que Jesus disse nos Evangelhos! Isto é tão claro, mas ainda assim profecias como “… não peça misericórdia…” ou “…os adversários aplaudiram você no palco…” é tão comum dentro das congregações, que as vezes penso que as pessoas não querem enxergar (e o pior cego é o que não quer ver!).

Como pode Jesus ter dito “Bem-aventurado os misericordiosos…” e agora pedir para você não ter misericórdia do teu irmão? Jesus mudou ou mudamos nós?

Estude Teologia hoje mesmo!

Como pode Jesus ter dito “Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus;” e agora dizer para você que não suplicar pela vida do teu inimigo?

Estes são só alguns exemplos, mas existem milhares deles por aí. Por isso o meu pedido é que você leia o Novo Testamento antes de qualquer coisa. Mas não o leia de maneira mágica, colocando o dedinho com os olhos fechados em alguma página (isto é boacumba evangélica!). Leia por completo, todas as cartas, todas as revelações, todo o livro (afinal, é um livro e deve ser lido como um livro!). Só assim seus olhos se abriram para a Palavra de Deus.

E os falsos profetas?

Jesus disse que muitos viriam em seu nome profetizando, expelindo demônios e curando os doentes, mas é importante que percebamos uma coisa:

Nem tudo que é feito em nome de Jesus tem algo a ver com ele!

Jesus ainda disse que é pelo fruto que conheceremos a árvore. O problema é que no meio evangélico fruto significa: milagres, revelações que se cumprem, pessoas que “aceitam” a Jesus e outras performances que de fato são só performances, nada mais!

Os frutos que Jesus disse para identificarmos são:

  • Amor,
  • Gozo,
  • Paz,
  • Longanimidade,
  • Benignidade,
  • Bondade,
  • Fé,
  • Mansidão e temperança.

Contra isto, Paulo nos diz que não há lei!

Por isso o verdadeiro profeta, só pode dar frutos do espirito e não da carne!

Espero ter esclarecido a você esta questão!

Paz e Graça!

6 Comentários




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *