A contradição da Bíblia

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Escrito por: Emilce Pereira

Algumas pessoas dizem que a Bíblia se contradiz. Faço uma ideia de onde tiram essa afirmação absurda. Leem a Bíblia sem uma exegese ou hermenêutica; não estudam minuciosamente as Escrituras; leem um texto e não buscam comparar com outro para uma melhor elucidação do contexto.

Gostaria de escrever sobre um texto de fácil compreensão, mas que se tornou um complexo bíblico para um novo convertido que não respondeu a seguinte pergunta: “Por que Jesus transformou os 10 mandamentos de Deus em apenas dois? Isso não é uma contradição?”

contradições-da-bíbliaBem, em primeiro lugar gostaria de dizer que em nenhum momento a Bíblia se contradiz. A Bíblia foi escrita por homens inspirados por Deus. Isso significa que o próprio Deus, através de seu Espírito, dizia para os homens o que estes haviam de escrever. Porém, os textos tem características literárias diferentes porque, como já disse, eles recebiam por inspiração divina o que escreveriam, e não como escreveriam. Entendido? Como nos dias atuais, cada escritor tem seu estilo próprio de escrever, embora receba informações externas.

Pois bem. Para responder a pergunta acima, utilizaremos os textos de Ex 20.3-11 abaixo:

Estes são os mandamentos referentes a Deus:

1º Não terás outros deuses diante de mim.
2º Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra. Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque eu, o Senhor teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniquidade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam.
E faço misericórdia a milhares dos que me amam e aos que guardam os meus mandamentos.
3º Não tomarás o nome do Senhor teu Deus em vão; porque o Senhor não terá por inocente o que tomar o seu nome em vão.
4º Lembra-te do dia do sábado, para o santificar. Seis dias trabalharás, e farás toda a tua obra.
Mas o sétimo dia é o sábado do Senhor teu Deus; não farás nenhuma obra, nem tu, nem teu filho, nem tua filha, nem o teu servo, nem a tua serva, nem o teu animal, nem o teu estrangeiro, que está dentro das tuas portas.
Porque em seis dias fez o Senhor os céus e a terra, o mar e tudo que neles há, e ao sétimo dia descansou; portanto abençoou o Senhor o dia do sábado, e o santificou.

Estude Teologia hoje mesmo!

E Ex 20.12-17

Estes são os mandamentos referente as pessoas:

5º Honra a teu pai e a tua mãe, para que se prolonguem os teus dias na terra que o Senhor teu Deus te dá.
6º Não matarás.
7º Não adulterarás.
8º Não furtarás.
9º Não dirás falso testemunho contra o teu próximo.
10º Não cobiçarás a casa do teu próximo, não cobiçarás a mulher do teu próximo, nem o seu servo, nem a sua serva, nem o seu boi, nem o seu jumento, nem coisa alguma do teu próximo.

Observemos que Deus deu aos homens da época, tudo minunciosamente explicado, de acordo com sua capacidade de entendimento, mostrando claramente todas as coisas que eles não poderiam fazer.

Agora veremos o texto em Mt 22.35-40
Estes mandamento se refere a Deus:

E um deles, doutor da lei, interrogou-o para o experimentar, dizendo:
Mestre, qual é o grande mandamento na lei?
1º E Jesus disse-lhe: Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento. Este é o primeiro e grande mandamento.

Estes mandamento se refere a Deus:

2º E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo.
Destes dois mandamentos dependem toda a lei e os profetas.

Irmãos, se amarmos a Deus de todo o nosso coração, de toda a nossa alma e de todo o nosso entendimento, não teremos outros deuses; não faremos imagens; não tomaremos o nome do Senhor em vão, e nos lembraremos sempre de irmos a igreja para, em comunhão com os irmãos louvarmos e adorarmos o Senhor.

Igualmente, se amarmos o nosso próximo como a nós mesmos, jamais desonraremos nossos pais; jamais mataremos, adulteraremos, furtaremos, faremos fofoca contra alguém ou invejaremos. Afinal, não queremos que nada disso aconteça conosco.

Ame a Deus sobre todas as coisas e jamais você pecará contra ele. Ame ao seu próximo como a voce mesmo e jamais você pecará contra ele. Além disso, você sempre estará obedecendo a Deus.

Que o Senhor nosso Deus a todos venha abençoar!

Emilce da Silva Pereira
Educadora Cristã
Contato: icespereira@gmail.com

2 Comentários

  1. Jorge da Silva Abreu

    Graça e paz, amados irmãos.

    O que fico impressionado é ver que muitos ateus tenham um profundo conhecimento bíblico, com o escopo de procurar contradições bíblicas, para poder desacreditar a bíblia e tentam atribuir essas contradições, as suas teorias da inexistência de Deus.
    E poderia citar aqui alguns trechos dos quais pesquisei na internet e também em revistas recém publicadas com o título “Os segredos da Bíblia”, em que cita certas contradições, devido a ser tantos, vou apenas citar apenas dois em que eles alegam estar se contradizendo:

    “Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra.
    Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque eu, o Senhor teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniqüidade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam.”
    Êxodo 20:4-5

    “Farás também dois querubins de ouro; de ouro batido os farás, nas duas extremidades do propiciatório.
    Farás um querubim na extremidade de uma parte, e o outro querubim na extremidade da outra parte; de uma só peça com o propiciatório, fareis os querubins nas duas extremidades dele.”
    Êxodo 25:18-19.

    Qual é o problema ? Segundo alegam eles que no mesmo livro há duas menções opostas com relação a confecção de santos. Entretanto se eles lessem os os quatro versículos dentro do contexto bíblico lendo todo o capítulo viriam que um difere da finalidade do outro, além de diferenciar outras coisas Senão vejamos:
    1) A finalidade de confecção de imagem e escultura citada em 20:4-5, era proibir a sua adoração como se fosse um deus.

    2) Já em Êxodo 25:18-19, não foi incluído o versículo 22 que diz: “E ali virei a ti, e falarei contigo de cima do propiciatório, do meio dos dois querubins (que estão sobre a arca do testemunho), tudo o que eu te ordenar para os filhos de Israel.Êxodo 25:22”. Ou seja, a finalidade do querubins aqui é que Deus quis dar um ponto de referência, por onde Ele falaria aos profetas, e veja que falaria no meio dos querubins e não sobre eles.
    E outras coisas mais tais como: Deus é Espírito Santo, mas nem todo santo é Deus, e querubins são anjos e não santos e nem santo vira anjo quando morre.

    É por isso, e por outras coisas, que nós, que cremos que a Bíblia é a verdadeira palavra de Deus, temos que não só entender, como também esclarecer, para se combater essa ignorâncias, de modo que todos possa entender a Bíblia que nós a entendemos.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *