Um Olhar Para o Homossexualismo

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Como pensamos e agimos em relação aos homossexuais? Temos ouvido dizer que homossexuais são pessoas geneticamente diferentes; com problemas psicológicos ou emocionais. E isso tem sido dito e aceito, inclusive na igreja. Porém, será mesmo que Deus tem isso como natural?

 A Bíblia diz em:

Gn 1.27 E criou Deus o homem à sua imagem: à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou.

Sabemos que o que veio de Deus foi um macho e uma fêmea, de tudo em sua criação, inclusive a humanidade. Quando Deus ia criar a mulher, disse: “… mas para o homem não se achava ajudadorA idônea.” Gn 2:20

Lv 20.13 Quando também um homem se deitar com outro homem, como com mulher, ambos fizeram abominação; certamente morrerão; o seu sangue será sobre eles. 

Veja como Deus condena a prática do homossexualismo. Está claro na lei, que Deus abomina o homossexualismo.

Rm 1.26,27,29,32 …Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural, no contrário à natureza. E, semelhantemente, também os homens, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros, homens com homens, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a recompensa que convinha ao seu erro. Estando cheios de toda a iniquidade… não somente as fazem, mas também consentem aos que as fazem. (recomendo que o irmão leia todo o capítulo). 

Veja que, aqui, Deus condena o homossexualismo e que aquele que o pratica sofre consequências, que podemos deduzir como as doenças venérias: “recebendo em si mesmos a recompensa que convinha ao seu erro”.

1Co 6.9,10 Não sabeis que os injustos não hão de herdar o reino de Deus? Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus.

Pelo que tenho conhecido de Deus, Ele é justo. E não me parece justiça Deus permitir que uma pessoa nasça doente e venha a condená-la ao castigo eterno, por isso. O homossexualismo é uma intervenção maligna na vida da pessoa. Isso está claro na Palavra.

As práticas homossexuais são condenáveis aos olhos de Deus. Ele não deixará que essas pessoas entrem em seu Reino. Precisamos com urgência deixar de lado todo preconceito; não discriminar; mas não podemos também aceitar como normal.

Não encontramos, em parte alguma, um cristão que discrimine um homossexual, mas vemos muitos que se afastam e não pregam o evangelho que sara, que restaura, que traz à vida novamente. Guardar a mensagem salvadora para si mesmo é egoísmo. Deus ama o pecador, embora abomine o pecado; e nos ensina a fazer o mesmo.

Devemos olhar para dentro de nós mesmo e analisar se o nosso coração está pronto para acolher o homossexual e pregar a salvação para ele.

Jesus acolhia com amor, era manso ao falar, era paciente, jamais agredia o pecador. Mas, o que vejo hoje, é um evangelho agressivo, que afasta mais do que ganha pessoas para Cristo. O número de evangélicos cresce no Brasil (e no mundo também), mas num evangelho que promete a prosperidade; não o Evangelho que promete vida eterna. Um evangelho que garante bom emprego, casa, carro, dinheiro; não o Evangelho que leva à paz interior, que leva ao consolador para as aflições, que leva à esperança da vida plena com Deus.

Como cristãos, pensemos melhor no que estamos fazendo. Estamos agradando a Deus com nossa forma de olhar as coisas? Com certeza estamos guardando a Palavra. Porém é preciso praticá-la. Lembremos que Deus não quer que nenhum homem se perca, antes, deseja salvar a todos; e cobrará nossas ações acerca daqueles a quem não levamos o Evangelho.

Jó 36.14 A sua alma morre na mocidade, e a sua vida perece entre os impuros. Que Deus, em sua infinita misericórdia, possa nos perdoar!

Emilce Pereira é educadora religiosa e estudante de teologia. 
Contato: icespereira@gmail.com